Pesquisa


Nº resultados?



Procurar Livro por:
(Título, Autor, Editora, ISBN)


Pesquisa Avançada

Nota: A pesquisa deve ser feita sem o uso de acentos, apóstrofes ou Ç, Obrigado.
Categorias
Editoras
Newsletter





Avaliação da Aprendizagem em Ensino Clínico no Curso da Licencia





19.08€ 17.17€
Desconto -10 %
ISBN - 9789727717576
Autor(es) - António Luís Carvalho
Editora - Instituto Piaget Editora
Ano de Edição -
N º de Páginas -


N º de páginas: 416

Ano de Edição: 2005


Sinopse

As escolas superiores de enfermagem têm feito um esforço visível, procurando a adaptação a adequação às exigências de uma formação de nível superior e de uma formação de nível superior e de uma sociedade em mudança.
No contexto do curso de licenciatura em enfermagem, o ensino clínico é uma actividade fundamental no percurso de todos os alunos, porque representa 57 por cento da carga horária, mas sobretudo porque pretende que o aluno desenvolva competências de carácter cientifico, técnico e humano, num processo contínuo de crescimento e autonomia pessoal, de forma a ser capaz de planear, concretizar, gerir e avaliar actividades de enfermagem.
A avaliação de uma actividade com as características destes ensinos clínicos engloba vertentes de grande especificidade, nas quais é importante reflectir procurando uma adequação entre a aprendizagem e a avaliação que dela é feita. Assim, o tema deste livro é a Avaliação da Aprendizagem em Ensino Clínico no Curso da Licenciatura em Enfermagem .
Partimos para o estudo, definindo questões orientadoras: qual o perfil de enfermeiro para a escola, os professores e os alunos gostariam de ver formados? Qual é o modelo de ensino clínico ajustado aos objectivos do curso e à formação desse enfermeiro? Qual o modelo de aprendizagem que é considerado como adequado? A avaliação que tem sido feita está de acordo com esse perfil e com o modelo de aprendizagem defendidos? Quais são as alternativas para adequar a avaliação ao modelo de aprendizagem defendido e ao perfil de enfermeiro pretendido?
Optámos pelo modo de investigação de estudos de caso, com a utilização de uma estratégia multimétodo, que passou pela utilização da observação participante, das entrevistas, dos questionários e da constituição de um grupo de discussão.
No final deste percurso, que esperamos seja o inicio de um debate alargado sobre esta problemática, verificámos que a escola, os professores e os alunos defendem a formação de um enfermeiro com competências científicas, técnicas, relacionais e culturais, capaz de assumir uma postura reflexiva e adaptada às exigências da sociedade, constituindo-se como agente de mudança e progresso biopsicossociocultural.

Comentarios
Carrinhoarrow right
0 produtos
Mais Vendidos
Diga a um amigo

Envie esta página a um amigo com um comentário.
Comentáriosarrow right
Idiomas
Portuguese English
Moedas



Pagamentos Aceites